Seminário Concessões em Infraestrutura: conquistas e desafios do Brasil

Evento patrocinado pela CCR discutiu o futuro das concessões no Brasil

O presidente executivo da ABCR, César Borges, participou do "Seminário Concessões em Infraestrutura: conquistas e desafios do Brasil", realizado pelo Valor Econômico com apoio da CCR, no dia 30 de setembro, no Hotel Intercontinental, em São Paulo. Os próximos três anos prometem ser os mais movimentados na história das desestatizações e das concessões no Brasil caso o cronograma do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) do Governo Federal seja executado como o previsto. A carteira do PPI tem um total de 119 projetos em 9 diferentes áreas que, somados, devem receber investimentos de R$ 1,3 trilhão ao longo da execução dos contratos, alguns de até 30 anos.

Durante o evento, César falou que "quando o Ministério da Infraestrutura lança um esse plano ambicioso como esse, está convidando o setor privado, como parceiros". E também acrescentou que as garantias jurídicas são indispensáveis, uma vez que refletem a mitigação e o compartilhamento de riscos para o operador privado, o que pode prejudicar a captação de recursos. "Todo investimento contém riscos, mas nem todos os riscos podem ficar na mão do investidor, porque alguns fatores estão fora do seu controle, como o fluxo de veículos", disse César a uma plateia de cerca de 200 empresários do setor de infraestrutura.

Entre os projetos a serem licitados estão os de infraestrutura de transportes, como 22 aeroportos, divididos em três blocos (blocos Norte, Central e Sul); 20 projetos de portos, divididos entre 17 concessões de terminais, uma de hidrovia e duas desestatizações; 11 projetos de ferrovias, sendo 5 renovações; e, por fim, a concessão de 16,1 mil km de rodovias federais e estaduais em 17 leilões. Além disso, há projetos em óleo e gás, energia elétrica e mineração, entre outros setores.

Sobre a ABCR

A Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias - ABCR representa o setor de concessões de rodovias, que é formado por 63 empresas privadas e associadas, que atuam em 12 estados do País (Bahia, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo) e Distrito Federal. São 20 concessionárias federais, 41 estaduais e 2 municipais. www.abcr.org.br

Rota das Bandeiras fará restrição de altura na pas...
Pedestres e ciclistas recebem ações educativas par...

Posts Relacionados