Carta aberta à sociedade brasileira

A Associação Brasileira das Concessionárias de Rodovias (ABCR) informa à sociedade brasileira que as empresas do setor integram neste momento os esforços nacionais para a contenção da contaminação de clientes e de colaboradores pelo novo coronavírus. Todas as concessionárias adotaram rigorosas medidas profiláticas para evitar o avanço da Covid-19, sempre respeitando as determinações das autoridades sanitárias e governamentais.

Postos de atendimento aos caminhoneiros e aos usuários de rodovia estão sendo montados nos principais corredores rodoviários do país, o que permite a adoção de medidas de prevenção, como a tomada de temperatura das pessoas, identificando assim sintomas relacionados à Covid-19. Isso permite a orientação do indivíduo a buscar atendimento médico especializado ou adotar isolamento a fim de evitar a transmissão comunitária.

As concessionárias têm adotado também protocolos ainda mais rígidos para a higienização em todas as instalações, garantindo acesso ao álcool gel em praças de pedágio, bases de apoio operacional e nos Centros de Controle Operacional (CCOs). Todos os colaboradores que estejam em contato direto com usuários na rodovia também estão orientados a adotar protocolos rígidos de atendimento para segurança do cliente e dele próprio.

Nas praças de pedágio, as concessionárias têm adotado medidas profiláticas nas cabines de cobrança, e principalmente orientado os profissionais que fazem a manipulação de cédulas e moedas a ampliar a higienização de mãos, objetos e superfícies a fim de proteger também os usuários das rodovias.

A ABCR informa ainda que as empresas do setor estão reforçando as equipes de atendimento médico e mecânico em todas as rodovias, assegurando assim as condições básicas de segurança para o uso das estradas e para fluidez do tráfego.

O atendimento aos usuários das rodovias administradas pelas concessionárias é realizado por equipes treinadas que, somente em 2018, realizaram 175 mil socorros simples e 77 mil socorros com resgate de ambulância, resultando em 316 atendimentos médicos e mecânicos por hora. Além disso, as rodovias concessionadas contam com 4.785 câmeras de TV usadas para acompanhar qualquer ocorrência ou problema nas estradas.

Conforme determina a Medida Provisória 926, publicada no Diário Oficial da União do último sábado (21), as rodovias são infraestruturas consideradas serviços essenciais, sendo fundamentais neste momento para o trânsito de todas as frentes de saúde e de segurança pública que tenham de acessar áreas ameaçadas pela pandemia do novo coronavírus. Além disso garantem o trânsito de alimentos e de bens essenciais para as populações que estão sob quarentena neste momento da pandemia.

Por tudo isso, as concessionárias de rodovias, representadas pela ABCR, seguem em contato permanente com as autoridades estaduais e federais para apoiar todas as medidas que tenham como objetivo proteger a vida dos brasileiros do risco de contágio pela Covid-19.

A ABCR ressalta ainda que o setor de concessões de rodovia é importante gerador de tributos para os municípios lindeiros, beneficiados anualmente com repasses do ISSQN (Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza). Por ano, o setor repassa às cidades lindeiras R$ 1 bilhão em impostos (ISSQN). Essa fonte de recursos, para muitos municípios, representa importante apoio para manutenção de investimentos locais e podem ajudar também a financiar medidas de combate ao coronavírus.

A preservação do setor, portanto, ajudará a atenuar os impactos da forte redução da atividade econômica prevista com a diminuição da circulação de pessoas e o distanciamento social, medidas fundamentais neste momento para conter a contaminação pela Covid-19 no país.

Por tudo isso, a ABCR e o conjunto das empresas do setor têm plena ciência do papel fundamental que exercem neste momento e acreditam que, com responsabilidade, cidadania e espírito colaborativo, o país enfrentará e vencerá a atual crise.

Associação Brasileira das Concessionárias de Rodovias - ABCR

Comunicado aos caminhoneiros
Governo Federal lança app na luta contra coronavír...