Bahia Norte investe na implantação de telas antiofuscantes na rodovia CIA-Aeroporto para proteger pedestres

Os dispositivos visam acabar com atropelamentos nos trechos equipados com passarela.  

A rodovia BA-526, também conhecida como CIA-Aeroporto, é responsável por conexões importantes com municípios da Região Metropolitana de Salvador, com a BR-324 e a Via Parafuso. O trecho está localizado em área urbana, de grande movimentação e a travessia inadequada de pedestres e motociclistas, principalmente nas áreas equipadas com passarelas e retorno de veículos, tem desafiado os profissionais da empresa na busca por soluções que evitem acidentes e protejam a vida.

No período de 2018 a 2020, a concessionária registrou 24 atropelamentos entre os quilômetros 13 e 14 da BA-526, onde há três passarelas próximas ao Ceasa. Nos bairros Bosque das Bromélias e Capelão foram registrados outros 7 atropelamentos, no mesmo período, todos próximos de passarelas.

Um dos aliados da Concessionária na redução desse tipo de acidente começa a ser implantado no próximo dia 26 de março. Trata-se da instalação de telas antiofuscantes nos trechos das passarelas dos bairros Capelão, Bosque das Bromélias, CEPEL, no final da via marginal da Travessa Acalanto e no canteiro em frente ao CEASA. Esse último trecho também será equipado com defensa metálica dupla, em ambos os lados da rodovia.

"Investiremos cerca de R$1,3 milhões nessas intervenções com o objetivo de impedir as travessias sob as passarelas, o que, não raro, resultam em atropelamentos e mortes de pedestres e ciclistas que insistem em arriscar suas vidas ao não utilizarem a estrutura projetada para oferecer segurança na transposição da via", explica o Gerente de Operações da concessionária, Alessandro Fernandes. Além de contribuir para a segurança viária, o gerente de operações destaca que, como são antiofuscantes, as telas garantem também condições de visibilidade aos motoristas, que não terão o campo de visão prejudicado pelos faróis de veículos no sentido oposto da pista. Ainda segundo Alessandro Fernandes, a implantação das telas não é uma medida isolada. Paralelamente, serão desenvolvidas também ações para alertar e sensibilizar o usuário quantos aos cuidados para prevenção a acidentes e atropelamentos na rodovia. "Tudo vai ser feito junto com um trabalho educativo, de conscientização, desenvolvido pela Bahia Norte", afirma.

A Concessionária prevê que a implantação seja concluída em um período máximo de 2 meses. 

Animal resgatado na via Dutra é devolvido à nature...