Índice ABCR
aguarde... carregando dados para apresentação
Notícias seta
Releases e Notas
Fernão Dias completa 60 anos com queda de 54% das mortes na rodovia
11-01-2019 11:27
Redução foi alcança com dois anos de antecedência de finalizar o prazo da ONU para a Década de Ação pela Segurança no Trânsito. Queda dos acidentes chegou a 18%.

A BR-381, rodovia que completa seu sexagésimo aniversário em janeiro de 2019, comemora a data com redução de 54% no total de vítimas fatais em acidentes, no trecho entre Contagem e Guarulhos, durante a década em que está sob a administração da Arteris Fernão Dias. O índice de óbitos passou de 216, em 2010, para 99. Menor número de fatalidades registrado durantes os anos de concessão. Além das vítimas fatais, o volume de acidentes também teve queda de 18% durante o período e passou de 9.126 episódios, para 7.411. Uma redução de mais de 1,7 mil ocorrências.

A conquista foi obtida com dois anos de antecedência em relação à meta de redução mínima de 50% proposta pela Organização das Nações Unidas (ONU) para o período de 2011 a 2020. A Década de Ação pela Segurança no Trânsito foi lançada pela ONU no dia 11 de maio de 2011 e aderida voluntariamente pela Arteris, que deu prioridade aos investimentos e inteligência operacional para a realização de ações preventivas.

O resultado foi alcançado, também, com o apoio do Grupo Estratégico para Redução de Acidentes, o GERAR. Multidisciplinar, o grupo reúne diferentes profissionais com conhecimentos diversificados, que estudam e sugerem ações para ampliar a segurança viária. Grande parte desta redução se deu em 2018, ano em que houve queda de 36% do número de vítimas fatais e 8,5% dos acidentes.

"Entendemos o nosso papel como protagonistas para prevenção de acidentes e, por isso, investimos em obras, serviços de atendimento ao usuário e educação. Com a criação do grupo foi possível desenhar ações visando a redução do número de incidentes. Todas as iniciativas do Gerar abrangem desde inteligência e intervenção operacional na infraestrutura da rodovia até o reforço de comunicação, sinalização, parcerias e campanhas educativas em prol da segurança viária", explica Helvécio Tamm de Lima Filho, diretor superintendente da concessionária.

A Fernão Dias recebe cerca de 200 mil veículos por dia, sendo que 60% do tráfego é de transporte pesado. Por se tratar de uma rodovia sinuosa, com aclives e declives, é necessário que o motorista mantenha a atenção e respeite o limite de velocidade indicado na via. Entre as principais causas de acidentes verificadas em 2018 está a perda de controle do veículo, seguida do descuido do motorista e sonolência ao volante.

Em trechos sinuosos a concessionária implantou linhas de estímulo à redução de velocidade, placas de advertência que alertam sobre curvas, declive e limite de velocidade. Além disso, em alguns pontos também foram instalados radares. É o caso, por exemplo, do trecho de Camanducaia, no km 921, que após as mudanças, o total de vítimas fatais foi reduzido a zero.

Obras e investimentos na rodovia

Desde o início da concessão foram aplicados mais de R$ 2,3 bilhões em melhorias como a instalação de lâmpadas a LED e a construção da passagem inferior no km 477, em Contagem. Ambas concluídas em 2018. Entre as demais obras que contribuíram para o resultado estão o Contorno de Betim, implantação de trevos em desnível com alças em pista dupla, construção de 88km de faixas adicionais e 40km de vias marginais, instalação de 53 passarelas, construção de um trevo completo no km 494, entre outras.

"Além de obras, melhorias e conservação da rodovia, as ações de sensibilização voltadas aos usuários e comunidades lindeiras também são muito importantes para assegurar e oferecer vias cada vez mais modernas e seguras. Atingir essas metas é um desafio e uma prioridade", diz José Carlos de Oliveira, gerente de tráfego.


Fonte: Arteris Fernão Dias

Leia também
Buscar Notícias Sala de Imprensa
Por data
De:
Até: